Marinha do Brasil participa do 43º Congresso Mundial de Medicina Militar


Diretor de Saúde da Marinha, Vice-Almirante Luiz Cláudio Barbedo Froés, profere palestra no 43o Congresso Mundial de Medicina Militar

O Comitê Internacional de Medicina Militar (ICMM) realizou o 43o Congresso Mundial de Medicina Militar em Basileia, na Suíça, em maio deste ano. O congresso contou com a participação de 36 países e o tema central foi a “Medicina em Movimento”. 

Durante o evento, foram proferidas palestras e aprovados 261 científicos. A Marinha do Brasil (MB) foi convidada a falar sobre o vírus da Zika (ZIKV) em seu sistema de saúde. 

Em palestra apresentada pelo Diretor de Saúde da Marinha, Vice-Almirante (Md) Luiz Claudio Barbedo Fróes, foram abordadas as ações realizadas para o controle do vetor no território nacional, como as atividades de conscientização a alunos de escolas públicas e a força-tarefa para a eliminação de criadouros do mosquito; além dos serviços de apoio às crianças que nasceram com síndrome congênita associada ao vírus, desenvolvidas no Hospital Naval Marcílio Dias e na Policlínica Naval Nossa Senhora da Glória; e as pesquisas científicas desenvolvidas no Instituto de Pesquisas Biomédicas (IPB).

A Primeiro-Tenente Shana Barroso, pesquisadora do IPB, apresentou em pôster os resultados obtidos no estudo de acompanhamento de longo prazo do ZIKV, executado no Laboratório de Biologia Molecular do IPB. A MB mostrou suas ações no combate ao agente biológico no comitê, com os esforços e experiências internacionais para o enfrentamento e contenção dos surtos epidêmicos provenientes de arboviroses.