Médico recomenda cuidados para evitar o AVC

O cirurgião Alexandre Coutinho ressalta a importância de identificar os fatores de riscos que podem desencadear a doença


O Tarde Nacional - Amazônia falou sobre o Acidente Vascular Cerebral (AVC) que leva à morte 11 pessoas por hora no Brasil. O cirurgião vascular Alexandre Coutinho explicou, em entrevista ao programa, como se dá a falta de oxigênio no cérebro e quais sinais indicam que a pessoa precisa de atendimento médico urgente.


Segundo ele, o fator tempo nesse atendimento faz toda a diferença para salvar a vida do paciente e evitar sequelas. Alexandre também ressaltou a importância do rastreamento primário, inclusive no SUS, para evitar que pessoas que já tenham fatores de risco, como diabetes e doenças inflamatórias, cheguem a sofrer um AVC; e citou países onde esse rastreamento é bastante eficiente, com reflexo no menor número de vítimas fatais.

Ouça a entrevista na íntegra abaixo:


Link: https://radios.ebc.com.br/tarde-nacional-amazonia/2022/02/avc-mata-11-pessoas-por-hora-no-brasil

Reprodução: Tarde Nacional - Amazônia (EBC)